Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Like A Man

Like A Man

O que se aprende sobre moda com os italianos!

Pitti Immagine Uomo 95- Pitti People - 015.jpg

Fui à Pitti Uomo pela primeira vez! Para quem não sabe, a Pitti Uomo é o maior encontro de moda e lifestyle masculinos do mundo. Não há outra feira como esta - que se realiza duas vezes por ano na cidade italiana de Florença - em janeiro para apresentar as coleções de outono/inverno e em julho para apresentar as coleções de primavera/verão do ano seguinte.

 

A feira é enorme e está sempre a abarrotar. São mais de 30 mil pessoas que durante quatro dias enchem o local, na Fortezza da Basso, um forte na zona norte da pequena cidade. Inúmeras nacionalidades de várias zonas do globo, do Japão à China, da Alemanha às Américas, comungando do gosto pela moda e pelas tendências no masculino.

 

PITTI IMMAGINE UOMO 95- THE TRADESHOW - 078.jpg

Tive um convite profissional para ir cobrir a feira e estive por Florença (o terceiro destino mais visitado em Itália) pouco mais de 30 horas. E é lá que nascem tendências, não apenas por aquilo que a indústria apresenta (cerca de 1200 expositores) mas também pelos estilos novos que se vão vendo aqui e acolá.

 

Daquilo que me deu a perceber, e de uma forma muito sucinta, algumas das tendências para nós senhores:

 

PITTI IMMAGINE UOMO 95- THE TRADESHOW - 009.jpg

# Sapatilhas chunky – mais ou menos espalhafatosas, vieram para ficar. Muitas marcas optam por este modelo para o próximo outono/inverno. E nos pés dos visitantes viu-se muito deste tipo de sapatilha, onde ainda pululavam – aqui e acolá – uns imaculados Stan Smith ou Gucci.

 

# Calças pelo tornozelo – continua a moda! E mesmo com temperaturas de 2 graus de máxima vi alguns fashion victims a mostrar o tornozelo sem meias. Ficam a saber, de iinverno ou no verão, tornozelos à mostra, senhores. Sem pudor!

 

# As calças estão a ficar mais largas, não tão depressa como seria de esperar, mas o skin está out, como se diz nas revistas de teenagers.

 

# Ainda na parte de baixo da indumentárias, as meias criativas vieram para ficar. Sejam encarnadas – muitas meias encarnadas vi eu -, seja às riscas, às bolinhas, às risquinhas.

 

# Muito blazer. Muita t-shirt branca. Muito pullover (à cintura ou por cima do blazer). Poucas camisas. Parece que as camisas ficaram guardadas para quando se usa gravata. Giro, não?


PITTI IMMAGINE UOMO 95- THE TRADESHOW - 020.jpg

# Camadas e mais camadas: cachecóis ou lenços, por cima de garbanidas que por sua vez estão por cima de blazers, que por sua vez estão por cima de pullovers e de uma nesga de tshirt branca que surge meticulosamente na gola ou junto ao cinto. Como se fosse por acaso.

 

Em suma, não há muita coisa a mudar na moda masculina, mas sim um reafirmar de detalhes. E como se diz, Deus está nos detalhes, certo?

7 comentários

Comentar post