Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Like A Man

Like A Man

Gente como nós, na Netflix

MV5BOTdhODI4ZTEtYmU3ZS00MzlkLTk1ZjYtMTZkY2JhZmNmN2FhXkEyXkFqcGdeQXVyMTA2ODMzMDU@._V1_SX1777_CR0,0,1777,763_AL_.jpg

Sabem quando vos apetece ver uma série no Netflix (ou na HBO) que não seja muito elaborada? Com a qual no identificamos, mas que não nos faz ficar a pensar horas a fio depois de desligarmos o TV ou o tablet?

Ora, mesmo por acaso, à procura de uma série que me descontraísse e levasse para longe o stress do dia-a-dia, encontrei a série francesa Plan du Coeur (ou em inglês Hookup Plan). É um original Netflix o que, cada vez mais, é garantia de qualidade.

Arrisquei e comecei a ver. Nesta última semana, todos os dias vi um a dois episódios - odeio ver os episódios de enfiada, gosto que as séries e as suas personagens me acompanhem durante alguns dias. E gostei bastante. 

É sobre um grupo de amigos, na casa dos trinta, e do processo de se tornarem ainda mais adultos. As expetativas, o dinheiro (e a falta dele), os filhos a caminho e, claro, os relacionamentos. E o amor, sempre o amor. O Santo Graal de todos nós, certo?

A série passa-se na atualidade em Paris. E talvez, ou não, por ser a cidade no qual nunca vivi mas aquela que visitei mais vezes (já passou a dezena) torna mais fácil a nossa (portugueses) identificação. É uma espécie de Friends com Millennials a tornarem-se adultos. Oito episódios de cerca de 30 minutos para sorrir. 

Fica a sugestão. Depois digam o que acharam. Eu fico à espera que estreie a segunda temporada. Allons-y?