Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Like A Man

Pessoas com energias positivas. Sim existem.

simpatias-de-amizade-1.jpg

Sabem aquela sensação de quando alguém nos faz sentir bem? Assim, sem sabermos muito bem porquê? Sim, sabem! Mas não estou a falar dessa sensação que acontece com a cara metade, ou paixões ou com os filhos. Estou a falar daquelas pessoas – homens ou mulheres - que nos afetam positivamente, e às vezes sem os próprios saberem disso. 

 

Tenho dois ou três amigos que têm esse efeito em mim. Não os vou nomear até porque existem os outros que me fazem sentir bem, mas sem ter essa positividade toda. Mas com essas pessoas positivas, basta estar uns 15 minutos com eles fazem-me logo ficar com boa energia. E não, nem são daquelas que são electricos, qual João Baião, nem são protofilosofos. São gente normal com quem nos identificamos.

 

Estar com essas pessoas faz-me bem. Fico com mais força. Com mais genica. E até mais criativo. E por vezes a conversa não é muito mais que um par de risos sobre uma história ou outra ou um projeto que se tem na cabeça. Seja um negócio, uma corrida, um jantar, uma viagem, etc.

 

Há anos que tenho atenção a isto, mas confesso que só agora comecei a perceber bem esse efeito. Nota-se sobretudo quando tens uma vida stressante, com muito trabalho (que no meu caso até me realiza bastante) e um dia, num almoço, num café apressado sais desse encontro com energia renovada. Estranho. Mas é verdade.

 

Pelo menos comigo acontece. E convosco?

 

 

Ai, os homens! - a visão de uma mulher

Somos bons ouvintes. E decidimos começar a ouvir a opinião das mulheres sobre os homens. Começamos com a jornalista Sónia Ramalho autora do blogue "Lisbon Where To", que aceitou o nosso desafio. Uma opinião bem disposta, a ter em conta. Ora leiam:

a pensativa.jpg

Ai, os homens! 

Quem é que ainda se lembra do programa apresentado por José Figueiras onde um júri feminino decidia quais os representes mais bem parecidos, mais sexy e mais divertidos?

Sim, tirando a parte da vergonha alheia ao recordar este belo exemplo da história da televisão nacional, a verdade é que ainda continuamos a escolher o tipo de homem que mais gostamos e atirar todos os outros borda fora (que é como quem diz piscina fora, como acontecia no concurso a quem ficava pelo caminho!).

É certo que hoje em dia não precisamos da ajuda do José Figueiras pois sabemos bem que queremos. Querem ver? Procura-se homem bonito, charmoso, cheiroso, com excelente sentido de humor, bom ouvinte, que saiba cozinhar e ajude na lida da casa, que seja bom pai, sincero, honesto e trabalhador. Não é pedir muito pois não?? 

O problema é que andamos todas à procura de um conto de fadas, mas num mundo de Tinderelas só nos aparecem contos de f@das. A perfeição em formato de homem não existe, cada tipo de homem vem com uma série de prós e contras, e por muito que se procure o pacote nunca vem completo.


Eis alguns tipos de homem:

 

O Meterossexual
Tem mais roupa e pares de sapatos que a namorada e sabe sempre qual a última tendência do momento. Se for preciso até dá dicas de moda à cara metade sobre o que fica melhor com o quê. Não sai de casa sem passar cinco vezes pelo espelho e copia os estilos que vê na Monocle e no Instagram.

Prós:
Nada como ter um personal fashion adviser sempre por perto.

Contras:
Ter de esperar 5 horas para que saia de casa (e ter estômago para ouvir dizer que o que vestimos não nos favorece).


O Sensível
É um romântico por natureza, gosta de agradar e de surpreender a cara metade. Faz tudo para que o relacionamento seja perfeito.

Prós:
O romance está garantido, assim como as surpresas e os jantares à luz de velas.

Contras:
Tudo o magoa, seja a forma como falamos, o que dissemos e até o que não dissemos. Menos, please!


O Bad Boy
É o aventureiro, o viciado em adrenalina e aquele que nunca deixa a relação cair na rotina. Não dá muita importância à namorada para ela não ficar ‘mal-habituada’ e prefere uma saída de copos a um jantar de velas.

Prós:
Toma sempre a iniciativa e tem sempre algum plano na manga para viver uma nova aventura.

Contras:
É o tipo de homem a quem algumas mulheres não resistem, especialmente aquelas que acham que ele vai mudar por causa delas. Yeah, right. Tu e mais quantas?!


O Hipster
Tem um fundo geek, mas com um estilo muito próprio. Gosta de frequentar os sítios mais trendy do momento e seguir as modas mais alternativas.

Prós:
Tem bom gosto e sabe sempre quais os melhores programas culturais e os spots mais trendy do momento.

Contras:
Se não estamos na mesma onda passamos por bimbas que não sabemos o que é bom.

 

O eterno adolescente
Para ele a vida resume-se a ramboia com os amigos e o resto é conversa. Beber umas jolas com amigos? Bora! Conhecer o novo bar que abriu no Bairro Alto? Bora!! Aproveitar a sexta para beber até cair? Boraaaaaa!

Prós:
Uma boa companhia para aquela fase do Forever Young, em que queremos recordar os belos tempos da adolescência.

Contras:
Nada de brunch ao fim-de-semana porque ele vai estar a dormir/de ressaca. A menos que o brunch inclua hambúrgueres e Coca-cola!

 

Então, já estão todos irritadinhos a chamar-me nomes porque estas categorias são ridículas e não fazem qualquer sentido (e porque lá no fundo têm um bocadinho de cada uma)?

Calmaaa, onde é que está o vosso sentido de humor?? Esta é apenas uma visão muito simplista da complexidade da mente masculina. Afinal não somos só nós que somos complicadinhas ;)