Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Like A Man

Preparados para uma revolução?

250330_855899907767548_6466686771304029873_n.jpg

Admitimos, somos viciados em óculos de sol. Vivemos num país em que a maioria do tempo podemos (e devemos) usar óculos de sol. E é nesta altura, na primavera, que começamos a olhar para sites e lojas de óculos para comprar os modelos que estão na tendência – ou aqueles que nos ficam bem (que é sempre a melhor opção). E nós damos uma ajuda. Leiam o resto do post e vejam o que temos para vocês:

 

Todos nós sonhamos com uma Harley

8562.jpg

Goste-se mais ou menos, ninguém é indiferente a uma Harley Davidson. Mesmo quem não gosta ou percebe de motas é um nome incontornável do nosso imaginário. Nisto das motos já se sabe, há cultos em todas as marcas mas talvez a culto da Harley seja dos mais conhecidos, se não o mais. A marca tem apostado em chegar a mais gente e recentemente lançou um novo modelo, que apresentamos aqui (com fotos e vídeo): 

 

 

 

Conheçam os pneus que não precisam de ar

Pneu Air free like a man

A marca Bridgestone acaba de apresentar uma nova geração de pneus para bicicletas com o conceito "Air Free", uma tecnologia que permite desenvolver pneus que não necessita de ser cheios. A Bridgestone, em colaboração com a Bridgestone Cycle estão a financiar estudos para que o pneu possa chegar ao mercado em 2019.

 

O conceito “Air Free ” é uma tecnologia que elimina a necessidade de enchimento dos pneus para suportar o seu peso, utilizado uma estrutura de raios que se expandem na parte interna do pneu. Além disso, as resinas utilizadas nos raios e nas borrachas permitem uma utilização mais eficiente dos recursos.A Bridgestone Corporation e a Bridgestone Cycle adaptaram o “Air Free Concept” aodesenvolvimento de pneus de bicicleta sem furos. A resina permitiu também uma flexibilidade do design, originando ideias únicas para a próxima geração de bicicletas.

 

Conseguem imaginar a revolução que isto vai proporcionar?

 

Pneu sem ar Like A Man

 

 

5 discos essenciais de jazz que todo o homem deve conhecer!

record vinil like a man

 

Qual o homem que não gosta de jazz? Haverá alguns certamente, mas haverá uma determinada altura da nossa vida que iremos ter curiosidade. E antes de nos metermos pelo jazz contemporâneo, minimalista (se bem que…), há um conjunto de músicas de um conjunto de intérpretes que nos vão iniciar no jazz e levar-nos para outros campos, se gostarmos. Fizemos uma seleção de cinco obras imprescindíveis a qualquer homem. E para várias ocasiões: para ouvir acompanhado de um bom whisky; para ouvir enquanto cozinha uns belos pratos; ou enquanto namora ou mesmo enquanto conduz:

 

 

Torna-te (quase) um expert em whisky!

Whisky Like a Man

 

Como deve ser bebido um whisky? Com água, com gelo? Em que tipo de copo deve ser servido? E qual a diferença entre bourbon e whisky - e já agora entre whisky e whiskey? E é possível fazer cocktails com whisky ou é uma heresia?

Falámos com Pedro Segurado, brand ambassador da Pernord Ricard, que nos deu todas as repostas a estas e outras perguntas sobre whisky, para ficarmos uns (quase) expert na matéria:

Senhores, porque temos (ainda) alguma vergonha em cuidar de nós?

clarins spa_likeaman

 

A convite da Clarins fomos ao SPA da marca francesa no El Corte Inglés experimentar uma sessão para tratamento da pele do rosto. E se gostámos? Sim, muito. E aconselhamo-vos, homens, a fazerem o mesmo, ou então às senhoras que nos lêem que ofereçam aos seus companheiros um destes tratamentos.

 

Em primeiro lugar confesso que tive de pôr de lado alguma vergonha masculina de ir a um SPA. Ainda é algo que a maioria dos homens portugueses não faz – os que têm possibilidade para isso. Ainda é algo ainda muito ligado ao universo feminino. Mas vamos por partes:

 

Ranking da felicidade à portuguesa

felicidade2.jpeg

Hoje, ao ver este vídeo, dei por mim a pensar nesta coisa da felicidade. Será realmente assim um sentimento tão (aparentemente) simples, quase de auto convencimento de que naquele preciso momento tudo está como deveria estar? Talvez, sim. Sobretudo por estar ligado à teoria - que defendo há anos - que estabelece uma ligação directa entre o nosso grau de satisfação com a vida que vivemos e as expectativas que nós próprios criamos para a mesma.

 

Abriu a nova flagship da Springfield em Lisboa

IMG_20170412_131432.jpg

É um novo conceito de loja da marca Springfield que abriu na passada semana em Lisboa, mais concretamente na Rua Nova do Almada, ali perto do Chiado. De acordo com a marca a nova loja (com oferta masculina e feminina) é agora mais urbana e menos industrial. O espaço conta com dois pisos. Apesar do target da marca ser os 25/35 (segundo fonte oficial) há muita oferta para quarentões cheios de pinta. Desde peças mais básicas e outras para arriscar um pouco mais. Isto sem esquecer os acessórios. Enquanto não passam por lá, vejam as fotos da parte masculina (sorry, girls):

 

Senhores, vamos despertar o chef que há em nós?

IMG_1740.png

Cozinhar pode ser um grande prazer, dizem. Eu tenho grande prazer... em ver cozinhar. Sou daqueles que vê avidamente os programas de comida de Anthony Bourdain, de Gordon Ramsay e agora na tv portuguesa o fantástico “Pesadelo na Cozinha” com o chef Ljubomir Stanisic, ou o melhor programa de comida de todos os tempos: o fantástico Chef's Table (acho que já vi o episódio com o chef Massimo Bottura umas 10 vezes). Gosto mesmo muito de ver.  


E uma das minhas resoluções para 2017 foi passar a cozinhar. Aliás, acho que nos tempos que correm nós, homens, estamos a deixar de fazer coisas mais mecânicas (bricolage, mecânica, cozinha) e isso está a ir contra a nossa natureza de milhares de anos. Digo eu. Não pensem que estou a apelar a sermos broncos e simples, mas às vezes num mundo tão tecnológico, faz todo o sentido o back to basics. Mas atenção, nada de grunhos, aliás, quem disse que não se cozinha bem a ouvir umas Cantatas de Bach?

 

 

 

 

 

 

Um homem e a sua primeira vez com uma Piaggio 125cc

O Sérgio é meu amigo há uns bons anos. Pai de dois filhos pequenos, é um homem de família que, ainda que não goste de admitir, está perto dos 40 anos. Sabendo que sou um entusiasta das motas, aqui há dias o Sérgio proferiu a frase com que todos começamos a nossa relação com as duas rodas: “ando a pensar comprar uma mota”.

 

IMG_20170414_164703.jpg

Pág. 1/2