Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Like A Man

18
Abr17

Senhores, vamos despertar o chef que há em nós?


Filipe Gil

IMG_1740.png

Cozinhar pode ser um grande prazer, dizem. Eu tenho grande prazer... em ver cozinhar. Sou daqueles que vê avidamente os programas de comida de Anthony Bourdain, de Gordon Ramsay e agora na tv portuguesa o fantástico “Pesadelo na Cozinha” com o chef Ljubomir Stanisic, ou o melhor programa de comida de todos os tempos: o fantástico Chef's Table (acho que já vi o episódio com o chef Massimo Bottura umas 10 vezes). Gosto mesmo muito de ver.  


E uma das minhas resoluções para 2017 foi passar a cozinhar. Aliás, acho que nos tempos que correm nós, homens, estamos a deixar de fazer coisas mais mecânicas (bricolage, mecânica, cozinha) e isso está a ir contra a nossa natureza de milhares de anos. Digo eu. Não pensem que estou a apelar a sermos broncos e simples, mas às vezes num mundo tão tecnológico, faz todo o sentido o back to basics. Mas atenção, nada de grunhos, aliás, quem disse que não se cozinha bem a ouvir umas Cantatas de Bach?

 

Mas se me perguntarem se acho piada a programas como o Master Chef, não acho. Acho que o que me atrai nos programas de cozinha são os chefs e a sua envolvência e vivência, e depois como a sua cozinha transmite a sua personalidade. É giro ver o que vestem, o que conduzem, as tatuagens que exibem, o mau feitio, as facas, e o síndrome de tourette que a maioria tem, para além dos seus gostos por outras artes. E tirando os programas da Nigella Watson em que existem outros pensamentos no meio daquilo tudo, vejo estes chefs, estas novas estrelas de rock’n’roll e inspiram-me.


Não quero entrar nesse mundo, até porque sou demasiado velho para ir atrás da Estrela Michelin, mas gostava de saber mais do que o único prato que sei fazer cá em casa (um fantástico noodles thai). 


Assim, e numa parceria com a Teleculinária vamos passar aqui no blogue a publicar, amiúde, receitas simples e fáceis para aqueles homens que ainda não são os chefs lá de casa, mas que gostavam de ser. A minha escolha recai para a cozinha italiana. Vamos a isso, chefs?

 

Bruschetta de Tomate e Azeitonas:

bruschetta-de-tomate-atum-e-azeitonas-640x428.jpg

Vamos começar com uma regra: Keep It SimpleSaiba como se faz aqui. Nada de começar a fazer reduções e essas coisas estranhas. Uma boa entrada, como estas fantásticas bruschettas são como uns bons preliminares antes de sexo. Deixam logo uma boa impressão para os pratos que se seguem.

 

Carbonara de cogumelos e bacon:

Carbonara-CHLM-15-640x427.jpg

 

Uma pasta, mais concretamente uma Carbonara. Simples e precisa, para acompanhar com um bom vinho ou uma boa cerveja artesanal (IPA, de preferência) Vejam como se faz. É mesmo, mesmo simples.

Entretanto, se quiserem ir experimentando mais coisas vejam mais receitas em www.teleculinária.pt

 

 

 

 

 

 

Instagram Like A Man!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.