Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Like A Man

05
Dez16

Roupa que têm de deixar de vestir depois dos 40! Mesmo!


LiAM

ciddtpySabemos que os 40 mudam uma pessoa! É verdade! Seja homem ou mulher. Se já lá chegaram sabem do que estou a escrever, se ainda não, prepararem-se. O mid life crisis existe, é real e vão ter que lidar com isso!Uns vão perceber que já estão a metade da vida e ainda não fizeram metade das coisas que gostavam de fazer. O que é justo e só por si pode ser visto como um copo meio cheio em vez de meio vazio. Outros perceberem que os sonhos materiais que tinham aos 20 ainda não se realizaram. Mas o que interessa é não esmorecer. Vão desistir agora quando as coisas começam a ficar interessantes?E é também por volta desta altura, dos pós 40, que algumas doenças, geneticamente transmitidas ou não, começam a dar o ar da sua graça. A um ritmo muito superior àquele que tentamos acompanhar o “puto” que agora joga à bola connosco nas partidas de amigos todas as semanas e teima em nos fazer parecer ainda mais velhos.Há que aceitar que os 40 nos dão coisas boas, também. Temos mais sapiência e, ao mesmo tempo, temos menos paciência para as coisas supérfluas da vida. Mas há também que admitir que há certas coisas que deixam de fazer qualquer sentido com esta idade. E este post podia guiar-nos por vários caminhos, mas vamos cingir-nos à moda, ou como os homens gostam de dizer: à roupa!Há coisas que devemos deixar de usar porque simplesmente ficamos ridículos e ficamos a passar a ideia que não vivemos a nossa adolescência na plenitude – o que até pode ser verdade, mas que temos de disfarçar a todo o custo.Aqui ficam algumas regras LIKE A MAN para evitarem males maiores!andy-richter-in-skinny-jeans
  1. Skinny Jeans
As calças apertadas ainda, e sublinho ainda, estão na moda, mas não vão durar muito mais tempo. Mas as skinny jeans nunca estiveram na moda para homens com 40 ou mais anos. Onde foram buscar essa ideia? Esta moda das skinny e feita para os adolescentes que têm aquele ar de modelos insípidos das passerelles de Paris que vivem com ¼ de baguete por dia.Usem calças de ganga slim cut. Modelos que vos façam parecer magros, esguios e elegantes. Com gosto.51h4tc4ua0l-_ac_ul260_sr200260_
  1. Logotipos gigantes
Há quem goste de usar logotipos e há quem não goste. Independentemente da idade. Mas a partir dos 40 devemos ter algum cuidado no tamanho dos logos que usamos. Lembro-me que há uns anos uma marca norte-americana, a Polo Ralph Lauren, lançou uns pólos com o logotipo tão grande, mas tão grande que parecia que o cavalo estava a morder o pescoço de quem usava aquele modelo. Ou quando se vê aqueles senhores de respeitoso cabelo grisalho, pele bronzeada em solário e com uma t-shirt justíssima com um logo extra large da Armani, parece que há ali alguma espécie de compensação no que respeita aos tamanhos… Se gostam de usar logos, usem, mas usem-nos pequenos, o mais pequeno possível e discretos. E se querem mesmo saber o que devem fazer, usem roupa sem logotipo. Quando a marca de roupa é boa, nota-se pelo corte, pela maneira como veste, não é necessário gritar aos quatro ventos que temos algo de M-A-R-C-A! Ou querem parecer putos pseudo ricos para sempre?1258209-568_default 
  1. Sapatilhas exóticas
Este ponto é sensível. Até porque umas sapatilhas (ou ténis, como lhes chamamos aqui por Lisboa) se forem bem combinadas podem ser de quase qualquer cor. Por exemplo, hoje em dia usa-se muito sapatilhas de camurça amarelas, encarnadas, azuis ou verdes, que podem ficar muito bem se estivermos todos vestido de negro. Percebem a ideia? Faz sentido, não faz? Não é necessário andar apenas com sapatilhas brancas ou pretas. Podemos variar. Com gosto.O que é mesmo de evitar são aquelas sapatilhas exóticas que parece que gritam e chegam aos locais primeiro do que o resto do nosso corpo. Já tiveram idade para o fazer e (quase) ninguém levava a mal. É quase como ouvir a primeira asneira da boca de um criança de 1 ou 2 anos, não é bonito mas ninguém leva a mal. Mas depois dessa idade… Por isso, com 40 ou mais façam um favor e deixem de contribuir com a vossa pegada nefasta de poluição visual. nike-sportswear-ru-summer-super-runner-jacket-jacket-men-purple
  1. Uso pouco criterioso de roupa desportiva
Sim, há mais homens portugueses a fazer desporto. Sim, há muita gente a frequentar ginásios, a correr na rua, a fazer um sem número de atividades físicas. Mas não é necessário mostrar a toda a hora que o fazemos. Há homens que levam as coisas tão a sério que passaram a usar sapatilhas de corrida no dia-a-dia. Uma bela camisa clássica, umas calças caqui e depois uns ténis roxos com atilhos amarelos. Sou de pensar nisso acho que bolsei…Mas atenção, isto não quer dizer que um homem de 40 anos (ou mais) não possa usar, fora do local de trabalho, umas calças de fato de treino cinza, com ténis brancos, t-shirt branca e casaco de malha azul escuro (de botões) – fica a dica. É algo que se começou a usar este outono/inverno. É necessário sim é ter cuidado com o tipo de roupa e a cor com que se usa roupa desportiva. Fatos de treino roxo? Sapatilhas amarelas vibrantes? Hoodies amarelos com logotipos de marca desportiva? Menos, por favor!Podem usar tudo isto mas com as cores e modelos apropriados. Não se trata de se vestirem de maneira aborrecida, mas sim com classe. Afinal, ainda temos pelo menos metade de uma vida pela frente e temos que tornar divertida. Mas com gosto!Ficam as dicas!

1 comentário

Comentar post

Instagram Like A Man!

Siga-nos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.