Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Like A Man

11
Jul17

Moules, beer & LiAM


João NC

IMG_20170608_231709.jpg

Se há coisa a que o LiAM é sensível é às boas ideias, e importar o conceito das famosas moules belgas foi, sem dúvida, uma excelente ideia. Quase quatro anos depois da estreia em Portugal, fomos ver (e provar) como está a correr esta tríade: tradição belga - sabores portugueses - cervejas do mundo.

 

Muitas vezes questionam-nos como conseguimos gerir o blog, conciliando toda a produção de conteúdos diários, entrevistas e pesquisa de novos temas, com as nossas vidas profissionais, pessoais e familiares. Nem sempre é fácil, temos de dizer. Passa por descansar um pouco menos do que podíamos, obviamente, mas passa sobretudo por uma gestão eficaz do tempo. E juntar uma refeição a uma reunião de trabalho é um dos truques que vamos usando.

 

Tudo isto para dizer que levei o Filipe a jantar fora. Bom, na verdade o convite partiu do próprio Moules & Beer, mas não consigo imaginar sítio melhor para um jantar de homens do que um restaurante com "cerveja" no nome. As mais de 30 variedades, desde as marcas internacionais dos mais variados destinos, às artesanais portugueses, são coisa para deixar qualquer homem de água na boca, e nós não fugimos à regra.

 

IMG_20170608_231936.jpg

 

Mas comecemos pelo princípio. “Moule”, para quem não sabe, é mexilhão em francês. E é também um prato icónico da gastronomia belga, servido com batatas fritas e vários molhos à escolha. No caso do Moules & Beer a ideia foi exactamente importar essa tradição belga e acrescentar-lhe um ou outro sabor nacional. Isto para além da já referida associação à cerveja (neste caso, já que no Moules de Cascais a associação é feita com o Gin).

 

IMG_20170608_214020.jpg

 

Passemos ao nosso jantar “de negócios”. Por entre planos para o futuro, possíveis entrevistas e outros planos mais ambiciosos, começámos com mexilhões gratinados - uma novidade pelo que pudemos perceber, que nos deixou no ponto para o que viria a seguir. Mas antes, as cervejas. Fomos ambos para opções nacionais: para o Filipe uma Sovina IPA, indicada para pratos ricos em especiarias, carnes e peixes temperados com molhos picantes; e para mim uma Sovina Stout, de acidez moderada e aroma de cevada tostada e malte torrado. Sim, levamos esta coisa do food pairing muito a sério.

 

Para os pratos principais, fomos viajar. A dose de Moules à Bulhão Pato levou-nos até à nossa Estremadura, enquanto a de Moules Thai levou-me de volta ao sudeste asiático, o que é sempre agradável. Ambas estavam deliciosas, mas a receita nacional foi a unânime vencedora. Nas cervejas, decidimos por um empate técnico.

IMG_20170608_215505.jpg

Entretanto, já falávamos de motas.

 

No capítulo da sobremesa, que no Moules & Beer não nos é permitido ignorar, dado que o staff – sempre simpático – vem mostrar-nos as opções à mesa, bem ali na nossa cara, fomos para duas opções muito “à homem”: Cheese Cake de framboesa e Banoffe (uma bomba deliciosa feita à base de banana, bolacha, mascarpone e chocolate).

 

IMG_20170608_224024.jpg

 

Por altura do café, o tópico já era futebol. Típico.

 

No final, agendas alinhadas, próximas semanas de conteúdos planeadas e estômagos muitíssimos bem servidos. Feitas as despedidas, só não fomos a rebolar para casa porque tínhamos as motas à porta.

 

Moules & Beer 
Rua 4 da Infantaria, nº 29D, 1350-268 Lisboa
Tlf: 21 386 00 46
Aberto todos os dias das 12h30 às 00h00

 

IMG_20170608_232044.jpg

IMG_20170608_232148.jpg

IMG_20170608_232246.jpg

IMG_20170608_212851.jpg

1 comentário

Comentar post

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.