Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Like A Man

02
Mar17

Hey Mate! Nice to meet you.


João NC

mate.jpeg

Ora bem, antes de começarmos, convém deixar um aviso: se estão à espera de uma review muito técnica ou até super neerd sobre este Huawei P9 Mate, sugerimos a visita a este site ou até este.

Aqui, onde nos lêem, fazem-se criticas à homem, com tudo o que de bom e de mau isso possa representar. Sim, somos distraídos, por vezes “desligados”, e não, não gostamos de ler livros de instruções. Mas também somos práticos e exigentes. Provavelmente não damos importância a muitas coisas que as nossas mulheres dão, mas valorizamos algumas outras.

Por outro lado, se são daqueles fundamentalistas “iPhónicos”, que olham com preconceito para tudo aquilo que não leva uma maçã estampada, aconselhamos que leiam isto. A sério.

 

Começo por dizer que eu, tal como o Filipe, sou desde há muito um fã da Apple. Tenho um MacBook, dois iPods e um iPad. Mas também sou – ou gosto de pensar que sou – um tipo inteligente, e por isso questiono e experimento.

 

Questiono, nomeadamente, esta necessidade que todos parecemos ter de possuir coisas iguais, como se tudo o resto não prestasse, ou fizesse de nós pessoas menos cool. E a verdade é que quando se fala de tecnologia, há por aí muita coisa boa. E este Huawei P9 Mate é um excelente equipamento. Sim, não disse telefone e não, não foi por acaso. Há muito que estas coisas que carregamos no bolso deixaram de ser apenas telefones. Sim, colocámos um Smart atrás do Phone, mas não chega. Sobretudo se estivermos a falar deste menino. Para além de ser quase um computador de bolso, é uma extraordinária máquina fotográfica que vai connosco para todo o lado, sobretudo em resultado de um belíssimo par de lentes Leica. Esta colaboração com a icónica marca alemã será, de resto, o grande atractivo desta linha de telemóveis da marca chinesa Huawei. Para o que sempre torcem o nariz quando se fala de uma marca chinesa, virem lá os vossos iPhones e vejam onde foram feitos. A questão aqui, lembrem-se, será sempre manter a mente aberta e experimentar. Foi o que me levou a comprar o irmão mais velho, mas mais pequeno, deste P9 Mate, o muito competente P9. Diria que não é preciso muito para ser mais pequeno do que este quase “televisor de bolso”, com o seu ecrã de 5.9 polegadas, mas a verdade é que mesmo o P9 já tem uma dimensão bastante razoável (5.2 polegadas) e não desilude, como o Filipe já teve oportunidade de atestar.

 

Mate-9.jpeg

 

Mas mantendo um registo à homem, aqui fica, de uma forma muito simples, o resultado destes dias de teste:

 

É rápido?

É. Tudo neste P9 Mate parece ser ultra rápido. Antes de mais, nunca vi um telemóvel a descarregar aplicações tão rapidamente como este. Depois, a velocidade de carregamento é, também ela, impressionante. E próprio reconhecimento da impressão digital é instantâneo. Se fosse um carro, este Huawei seria sem dúvida um desportivo.

Como estamos de memória?

Tem 64GB e ainda permite colocar um cartão micro SD. Dificilmente vos dará problemas de memória, portanto. E olhem que eu sei do que falo, já que com o meu “velhinho” iPhone 5s tinha que estar sempre a apagar fotos e/ou apps para conseguir tirar mais fotos, o que é sempre bom na altura de captar “aquele” momento.

Tem pinta?

Muita. Se conseguirem lidar bem as suas generosas dimensões, é um equipamento que impressiona. Linhas simples, sóbrias e com tudo no sítio certo. Para os aficionados Apple será sempre uma questão de se habituarem à ausência do botão “home”. Mas, caramba, ainda não há muito tempo andávamos todos de Nokia no bolso!

É prático?

Depende. Se usarem skynny jeans (que o Filipe já recomendou que não fizessem depois dos 40 anos) não é muito. Será sempre difícil colocá-lo no bolso. Felizmente no inverno temos alternativas nos bolsos dos casacos. No verão não sei como seria. Desde que não pensem em usar bolsas a tiracolo só para poder levar o telemóvel convosco, está tudo bem.

E fotos?

As lentes Leica falam por si, mas neste caso a qualidade é realmente impressionante. São 20mp na câmara traseira e 8mp na frontal. É preciso dizer mais alguma coisa?

 

Huawei-Mate-9-camera.jpeg

 

Autonomia

Para quem até há pouco tempo tinha um iPhone que precisava de ser ligado à máquina várias vezes ao dia, qualquer telefone que chegue ao final do dia sem gritar pelo carregador já é muito bom. E este chega. Abençoado seja!

Peso

São 190 gramas de telefone. Um pouco acima da média actual, mas o que é isso para quem vai para o ginásio puxar ferro dia sim, dia não?

 

Coisas mais neerds a que achámos piada:

 

Controlo remoto

Aparentemente, com este menino podemos controlar aparelhos electrónicos como TVs, DVDs, entre outros. Não chegámos a experimentar, mas parece-nos uma ideia vencedora. Conseguir ligar isto à máquina de café (ou de imperial) era de génio.

Dual Sim

Não sendo, de todo, uma novidade, não deixa de ser útil para quem ainda usa dois cartões de telemóvel. Um para trabalho e outro para lazer. Um para os amigos, outro para a família. Um nacional e outro estrangeiro. E por aí fora.

SwiftKey da Huawei

É o sistema de escrita (teclado) da marca que permite uma experiência bastante interessante. Desde logo a possibilidade de escrever em duas línguas em simultâneo, com ajuda do corrector de ambas as línguas. Bom para não termos que andar a alternar entre o dicionário PT e ENG, sempre que temos que escrever para o colega do escritório de UK ou para a miúda que deixámos do outro lado do mundo nas últimas férias. São exemplos completamente aleatórios, atenção.

Gravador de voz

Uma vez mais, não é novidade, mas neste caso o gravador de voz tem, entre outras, a função "entrevista". Bom para quem tem de gravar entrevistas, muitas vezes em ambientes com algum ruído, como tantas vezes nos acontece aqui no LiAM.

 

Para fechar, fiquem com os mais e os menos deste Huawei P9 Mate, aqui para nós:

 

+ Mais

  • A(s) câmara(s) fotográfica(s);
  • A rapidez;
  • As dimensões generosas do ecrã.

- Menos

  • As dimensões generosas do ecrã (não é gralha, é mesmo uma vantagem e uma desvantagem, depende do tamanho dos vossos bolsos);
  • O facto de já existir um P10. Como assim? Ainda agora estamos a deliciar-nos com este e já temos ainda outro melhor a caminho?
  • A obrigatoriedade de termos de o entregar depois deste teste. Não podemos mesmo ficar com ele?

IMG_20170224_084243 (1).jpg

 

Instagram Like A Man!

Siga-nos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.