Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Like A Man

14
Out16

Começar a surfar aos 40!


LiAM

surfarrifana2Quem nunca deu por si na praia a ver outros a surfar (e a divertirem-se) e a pensar: “um dia gostava de tentar isto!”. Os anos entretanto foram passando e todos os verões (e alguns invernos) o pensamento mantém-se, certo?Fomos sempre arranjando desculpas. Primeiro a falta de jeito. Depois o preço do equipamento, depois  os fins-de-semana para descansar do trabalho (ou das borgas). E de um momento para o outro temos filhos, companheira, cães, uma casa cheia mas, mesmo assim, chegados aos 40 anos de idade continuamos a olhar para as ondas e para os surfistas com uma ponta de inveja e a pensar no passado: "como teria sido giro ter experimentado...!"surfarrifana3Mas ao invés de estarem com esse pensamento derrotista, lembrem-se, os “40 são os novos 30...ou os novos 20”. E porque não, nesta altura, em que a maioria de nós até tem alguma liquidez disponível (apesar da crise) para investir tempo e dinheiro e FINALMENTE tentar fazer-se às ondas. Não é tão complicado assim. De qualquer forma, deixamos aqui algumas dicas: 
  1. Perder a vergonha. Esqueça os jovens surfistas que se passeiam nas ondas como algo que fizeram ainda antes de aprender a andar. Uma das coisas boas de ter 40 anos é que, em algumas situações da vida perdemos a vergonha. Afinal os cabelos grisalhos contam para alguma coisa. Força, faça-se às ondas sem vergonha. Toda a gente fica bem com um fato de surf.
  2. Arranje um amigo que já tenha feito surf, não só para ir consigo nas primeiras vezes mas também para lhe emprestar algum material e dar-lhe dicas. Não vale a pena investir 300 euros e depois achar a experiência má (o que sinceramente duvidamos, mas…).
  3. Escolha uma praia com fundo de areia (em Lisboa a Costa da Caparica é ideal ou então São Torpes em Sines) e aconselhe-se com amigos, recolha info  na net ou numa loja de surf local sobre qual o melhor spot (depois vai necessitar de um pequeno dicionário para perceber algumas das expressões de surfistas) para se iniciar na modalidade.
  4. Uma vez equipado, com uma prancha adequada à aprendizagem (deve ser do tipo Malibu) dedique-se primeiro a equilibrar-se na zona da espuma. A primeira vez que tentar vai achar que é o desporto mais difícil do mundo. Contudo, estou certo, sairá da água cansado e com os braços bem doridos por ter estado a remar mas com um sorriso do tamanho do mundo. Aconselho que veja vídeos no You Tube sobre a abordagem à remada no surf, a postura deitada em cima da prancha e como tentar fazer o drop (ver o que significa no dicionário português/surfês).
  5. Depois das primeiras vezes na água, de conhecer um pouco melhor as marés da praia, de aprender a remar, de aprender a fazer o duck dive (passar por debaixo das ondas na zona da rebentação) vai começar aqui e acolá a tentar pôr-se de pé e a surfar a sua primeira onda. Se até aqui não desistiu duvido que volte atrás. Mesmo que não faça mais do que cortar a onda, mesmo que a sua prancha seja maior e mais grossa que a dos miúdos que apanham ondas maiores, a diversão é garantida. A vergonha vai dar lugar a um gozo e, mais tarde, ao contágio de levar amigos consigo a experimentarem.
Ou seja, resumindo, fazer surf não tem idade.Vamos a isso?surfarrifana1 

2 comentários

Comentar post

Instagram Like A Man!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.