Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Like A Man

09
Fev17

Às vezes é bom ter medo!


LiAM

stranger-things

Se a vossa adolescência ficou marcada com filmes como “The Goonies”, “The Thing”, “Pesadelo em Elm Street”, “Poltergeister”, “E.T.”, “Guerra das Estrelas” e “Stand By Me” e se um dia, por mero acaso numa conversa com um amigo, vos dissesse que há uma série de TV que reúne todo esse universo e que ainda por cima é extraordinariamente bem feita. Sim, essa série existe e nas próximas linhas explico qual e porquê:

Estamos a falar de uma série fantástica – no duplo sentido. E a sensação é a mesma de comer aquela sandwich que a nossa avô nos preparava na infância ou aquela fatia de bolo de chocolate oferecida pela professora da primária que nunca mais nos saiu da cabeça. Escrevo sobre a série original do Netflix chamada “Stranger Things” – não me lembro se existe tradução do título para português, mas também não interessa nada.A série é passada em meados dos anos 80, mais concretamente em 1983, numa típica cidade dos Estados Unidos da América e tem como protagonistas principais um “bando” de miúdos e miúdas e alguns atores mais conhecidos como Winona Rider, Matthew Modine e David Harbour.stranger-things-eleven-image_liamMas antes de vos convencer a verem a série, tenho que escrever que não sou daqueles viciados em séries que faz noitadas para as ver, a não ser “The Walking Dead” e o “Homeland”, que me está a trazer grandes bocejos nesta última temporada, tudo o resto me passa ao lado. Nem “A Guerra de Tronos”, nem “Breaking Bad” nem o hino à masculinidade que há em todos nós de nome “Californication”.Mas a “Stranger Things”, a par do “Black Mirror”, também da Netflix, fez-me voltar à TV preterindo o smartphone (e também alguns livros) nos serões mais calmos lá de casa.“Stranger Things” não tem nada de estranho e faz-nos sentir em casa e confortáveis apesar da história ser tudo menos convencional e meter “medo”. Vemos referências ao Star Wars – já repararam no cartaz da série que está no final deste post? Não vos faz lembrar nada?Referências ao “Pesadelo em Elm Street”, até a “Aliens”, mas com um argumento que tinha tudo para correr mal e que corre bem e está a tornar-se num culto nos países onde passa. Caso para dizer “como é que ninguém se lembrou disto antes?”. Lembraram-se os Duffer Brothers.A segunda série começa já em outubro. Tempo mais do que suficiente para ficarem agarrados aos primeiros 8 episódios da primeira temporada. Vejam o trailer:[embed]https://www.youtube.com/watch?v=XWxyRG_tckY[/embed]Uma última reflexão: a maioria das vezes, os filmes que vos falei no primeiro parágrafo, com exceção do E.T, eram mais apelativos para os rapazes do que para as miúdas. Hoje em dia nada disso faz sentido e os filmes fantásticos democratizaram-se para ambos os géneros – e ainda bem.

O cartaz:

strangerthings_liam

 

 

Instagram Like A Man!

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.