Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Like A Man

02
Nov16

As 20 regras do cavalheirismo


LiAM

rulesEthan Hawke, mais do que um óptimo actor, tem mostrado ser um artista multifacetado. Para além de cineasta é ainda escritor. Escreve argumentos, mas também livros. O último deles chama-se “Rules for a Knight”. Algo como “Regras para um Cavaleiro” em português, sendo que numa tradução mais livre podemos substituir Cavaleiro por Cavalheiro. É, de resto, esse o foco do livro. O que podemos aprender com o modo como se comportavam noutros tempos estes “Cavaleiros”, e o que fazia deles verdadeiros Cavalheiros.O próprio Ethan Hawke explica: “Sempre gostei desta ideia de cavalheirismo, o que nos pode fazer ser uma pessoa melhor.”Deixamos-vos aqui as vinte regras transcritas pela Farnam Street. Acreditamos que temos todos a aprender com elas, sobretudo sobre o que é isto de viver com um propósito, ser honrado e, acima de tudo, boa pessoa. Bom para ler e partilharmos com os nossos filhos.

  1. SOLIDÃO
    Arranje tempo para estar sozinho, consigo mesmo. Ao procurar a sabedoria e a clareza da sua própria mente, o silêncio será sempre uma ferramenta útil. A voz do nosso espírito é suave e não pode ser ouvida quando tem de competir com os outros. Tal como é impossível ver o seu reflexo na água turva, assim também é com a alma. Em silêncio, podemos sentir a eternidade a dormir dentro de nós.
  2. HUMILDADE
    Nunca anuncie que é um cavalheiro. Simplesmente comporte-se como um. A regra a interiorizar é simples: não sou melhor do que ninguém, e ninguém é melhor do que eu.
  3. GRATIDÃO
    A única resposta inteligente ao dom contínuo da vida é a gratidão. Por tudo o que tem sido, um cavalheiro diz: "Obrigado." Por tudo o que está por vir, um cavalheiro diz: "Sim!"
  4. ORGULHO
    Nunca finja que não é um cavalheiro, ou tente diminuir-se porque acha que isso fará o outro sentir-se mais confortável. A melhor forma de mostrarmos aos outros o máximo respeito será oferecendo o melhor de nós mesmos.
  5. COOPERAÇÃO
    Cada um de nós está a fazer o seu próprio caminho. Nascemos em momentos específicos, em lugares específicos, e os nossos desafios são únicos. Como cavalheiros, entender e respeitar a nossa distinção é vital para a nossa capacidade de aproveitar a nossa força colectiva. O uso da força pode ser necessário para nos protegermos numa emergência, mas somente através da justiça e cooperação podemos ser bem sucedidos enquanto líderes. Devemos viver e trabalhar juntos como irmãos ou perecer juntos como tolos.
  6. AMIZADE
    A qualidade da sua vida será, em grande medida, decidida pela qualidade das pessoas por quem decide rodear-se.
  7. PERDÃO
    Aqueles que não conseguem perdoar facilmente não vão conseguir manter muitos amigos. Procure o melhor nos outros.
  8. HONESTIDADE
    Uma língua desonesta e uma mente desonesta desperdiçam tempo e, portanto, não são mais do que uma forma de desperdiçarmos as nossas vidas. Estamos aqui para crescer e a Verdade é a água, a luz e o solo a partir do qual nos elevamos. A armadura da falsidade é subtilmente forjada da escuridão e esconde-nos não apenas dos outros, mas da nossa própria alma.
  9. CORAGEM
    Tudo o que brilha deve conseguir resistir às queimaduras.
  10. GRAÇA
    Graça é a capacidade de aceitar a mudança. Seja aberto e flexível; tudo o que está fragilizado, acaba por quebrar.
  11. PACIÊNCIA
    Não existe tal coisa como uma “oportunidade única na vida”. Uma mente apressada é uma mente frágil; Não pode ver claramente ou ouvir com precisão; Vê o que quer ver, ou ouve o que tem medo de ouvir, e perde muito. Um cavalheiro faz do tempo seu aliado. Há um momento para a acção, e para uma mente limpa esse momento é óbvio.
  12. JUSTIÇA
    Só há uma coisa pela qual um cavalheiro não tem paciência: a injustiça. Todo o verdadeiro cavalheiro luta pela dignidade humana em todos os momentos.
  13. GENEROSIDADE
    Nascemos sem nada e é sem nada que vamos desta para melhor. Seja frugal para poder ser generoso.
  14. DISCIPLINA
    No campo de batalha, como em todas as coisas, a sua performance será igual à forma como pratica. Com a prática, construímos a estrada para realizar os nossos objectivos. A excelência vive na atenção aos detalhes. Dê tudo de si, durante o tempo todo. Não guarde nada para a “segunda parte”. Quanto melhor um cavalheiro se prepara, menos disposto estará a render-se.
  15. DEDICAÇÃO
    Esforço medíocre, resultado medíocre. Tome medidas diárias para melhor seguir estas regras. A sorte será sempre o resíduo do nosso desígnio maior. Seja firme e lembre-se: a bigorna supera o martelo.
  16. DISCURSO
    Não fale mal dos outros. Um cavalheiro não divulga a notícia de que não sabe estar certo, nem nunca condena coisas que não compreende.

  17. Às vezes, para entender mais, precisamos de saber menos.
  18. IGUALDADE
    Cada cavalheiro mantém a igualdade humana como uma verdade inabalável. Um cavalheiro nunca está presente quando homens ou mulheres estão a ser degradados ou comprometidos de qualquer maneira, porque se um cavalheiro estivesse presente, aqueles que cometeram os actos ou palavras nocivas seriam obrigados a parar.
  19. AMOR
    O amor será sempre o objectivo final. É a música de nossas vidas. Não há obstáculo que o amor (na dose certa) não possa mover.
  20. MORTE
    A vida é uma longa série de despedidas; apenas as circunstâncias nos podem surpreender. Um cavalheiro deve apenas preocupa-se com a gratidão pela vida que lhe foi dada. Ele não teme a morte, porque o trabalho que um cavalheiro começa, outros podem terminar.

  

Instagram Like A Man!

Siga-nos

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.